sel01

(A.11) Seminário de Experimentação Literária (SEL)
Versão A
Luís Carmelo
12 Blocos (podendo cada bloco, preferencialmente, ser realizado até duas semanas)
Propina U, 360,00€ / 1582,45R$

O novo Seminário de Experimentação Literária (SEL) parte do princípio que é possível encarar a literatura como se fosse uma bola de barro infinitamente moldável. Com o devido acompanhamento de proximidade, ao longo de 12 Blocos (que podem ser percorridos no tempo que se desejar), o SEL propõe a rescrita, a reinvenção e o reatar de textos de Cardoso Pires, Raduan Nassar, James Joyce, Charles Bukowsky, Julio Cortázar, Augusto Abelaira, Ernest Hemingway e Samuel Becket. Um Seminário que trata a literatura por ‘tu’ e que faz da plasticidade da linguagem um dado que pode ser partilhado por todos.

Conteúdos
Bloco 01 – A Reversibilidade.
Bloco 02 – Rescrita de atmosferas (Raduan Nassar).
Bloco 03 – Escrita automática (a literatura que sabe a mar).
Bloco 04 – Paródia mimética (Finnegans Wake de Joyce).
Bloco 05 – Derivar dialogando. O exemplo de Bukowsky.
Bloco 06 – Digressões ‘in media res’ (Cortázar).
Bloco 07 – Polifonia e contracampo (Faulkner).
Bloco 08 – A ficção da travessia (Deleuze e o mundo anglo-saxónico).
Bloco 09 – A escrita elíptica.
Bloco 10 – Ícones imagens e figurações.
Bloco 11 – Fase oficinal – I. Um projecto de Samuel Beckett.
Bloco 12 – Fase oficinal – II. Um projecto de Samuel Beckett.

Competências:
– Interiorizar dados e modelos pragmáticos que permitam aceder à flexibilidade do discurso literário.
– Rescrever textos que reflictam aspectos essenciais veiculados pela tradição literária.
– Disputar a criação de sentido a partir de diversos modos de dialogismo literário.
– Incorporar e testar uma pró-actividade que permita, na prática, dessacralizar o material literário, reinscrevendo-o de um modo singular e afirmativo.

O Seminário de Experimentação Literária (SEL) visa exercitar e interpelar, de modo dinâmico, a escrita literária. Num campo em que a significação é mais figurada do que referencial e em que a plasticidade é mais importante do que a descodificação chã ou plana, o SEL propõe um conjunto de práticas que simultaneamente enquadram e desafiam a tradição literária. Exercícios ligados à reversibilidade, à rescrita de atmosferas, à paródia, às práticas polifónicas, à elipse, à escrita automática, às oficinas ‘in media res’ e imagéticas preenchem este seminário de teor sobretudo oficinal. Pretende-se que este desempenho integrado e articulado contribua para estimular a inventividade, criando condições propícias à criação original de material literário. O Seminário de Experimentação Literária (SEL) foi concebido para quem tenha frequentado a sequência de escrita criativa literária composto pelo Curso de Escrita Criativa – Nível Introdutório, pelo Curso de Escrita Criativa – Nível Avançado e ainda pelos Seminários de Escrita Ficcional – I/ Versão A e B. No entanto, o Seminário de Experimentação Literária (SEL), dada sua natureza eminentemente experimental, está aberto a todas as pessoas que o desejem frequentar, sem obrigatoriedade de precedências.

Testemunhos
O curso SEL motivou-me a ler os maiores escritores universais, a exercitar técnicas de escrita por eles praticadas e incentivou-me à prática literária, não como eles (longe disso!), mas graças a eles…
Helena Garvão

Nota: Os cursos online da EC.ON são individuais e baseados em acompanhamento personalizado. Estes cursos não possuem datas de realização: estão permanentemente disponíveis e os interessados podem iniciar a sua formação assim que o entendam. Habitualmente, iniciam-se no momento em que a propina é paga.
————————————————

Mais Informações >>

Inscrições >>

Pagamentos >>