ECON_CursosIcone3_Nov2014_v2 ECON_CI3Aut_600x600_MTHorta2

Cursos:
(I.03) Cursos Ícone III – Ciclo “A Literatura e o Feminino” (Dezembro de 2014 a Julho de 2015)

Bio:
Maria Teresa Horta nasceu em Lisboa, em 1937. Escritora, crítica literária, jornalista e feminista. É autora de cerca de 35 obras, a maior parte das quais livros de poesia. É uma das mais estudadas e importantes escritoras portuguesas do Séc.XX. É descendente, pelo lado materno, da poetisa Leonor de Almeida Portugal, a Marquesa de Alorna. Maria Teresa Horta estudou na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Estreou-se com o livro de poesia “Espelho Inicial”, em 1960. Nessa altura, a autora fez parte do grupo Poesia 61. Escreveu, com Maria Isabel Barreno e Maria Velho da Costa, o livro “Novas Cartas Portuguesas” (1972). As Três Marias, como ficariam conhecidas, constituíram um marco incontornável na literatura feminina e no movimento feminista em Portugal. Na sua vasta obra destacam-se os livros “Minha Senhora de Mim” (1971), “A Paixão segundo Constança H.” (1994), “Só de Amor” (1999), “Poesia Reunida” (2009), “As Luzes de Leonor” (2011) e “A Dama e o Unicórnio” (2013). Em 2004, foi agraciada com a Ordem do Infante D. Henrique. Venceu inúmeros prémios ao longo da sua carreira, destacando-se o Prémio D. Dinis, o Prémio de Consagração de Carreira da Sociedade Portuguesa de Autores, o Prémio Máxima Vida Literária e o Prémio Ficção da Revista Mulheres. Em 2014, foi a personalidade homenageada pelo festival Correntes d’Escritas. A sua obra mais recente é o livro de contos “Meninas” (Dom Quixote).